Implantação e tecnologia de gravação e texturização de metais

Veja o que você ganha ao investir na implantação das nossas tecnologias de gravação e texturização de matrizes.

Durante todo o tempo que fazemos parte do mercado de gravação e texturização de metais através de processos químicos, sempre vimos a presença de matrizarias se queixando por falta de independência em seus processos, isto é, elas tinham grandes problemas ao terceirizar a gravação química em seu processo de desenvolvimento de matrizes, seja nos prazos de entrega, na qualidade da gravação, etc.

Por esse motivo sentimos a necessidade de falar um pouco sobre uma das soluções aqui da BT Gravações, confira a seguir!

Nossa missão…

Basicamente um dos nossos maiores compromissos aqui na BT Gravações é entregar qualidade, satisfação e independência aos nossos clientes, neste caso as matrizarias.

Em nossa vasta experiência já implantamos a tecnologia de gravação e texturização de metais em 4 países, como, Colômbia, Argentina, Peru e México.

De um modo geral somos uma das poucas empresas que oferece este tipo de solução, isso porque o nosso comprometimento é fortalecer o mercado, ou seja, nós vamos pela contramão da maioria das empresas que preferem deixar a atividade de texturização e gravação de matrizes sob a responsabilidade de terceiros.

Ter este tipo de tecnologia em sua matrizaria lhe dará inúmeras vantagens, por exemplo:

  • Você poderá melhorar sua logística de entrega;
  • A qualidade e o controle dos processos ficarão sob seu controle;
  • Sua empresa terá autonomia para escolher os tipos de matriz e texturização que quer fazer, ou seja, não dependerá de especificações de terceiros;
  • Entre outras vantagens.

 

Se quiser saber mais sobre as nossas soluções, entre em contato através do telefone ou do nosso e-mail, estaremos sempre a disposição, até a próxima!

Read More

Vantagens de utilizar revestimentos antiaderentes

Já conhece a tecnologia de revestimentos antiaderentes? Ainda não, então confira no artigo!

A tecnologia de revestimentos antiaderentes já é bastante utilizada em inúmeros tipos de aplicações em superfícies, produtos, etc.

Muitas pessoas já conhecem esse tipo de tecnologia, mas ainda não têm muito conhecimento sobre as vantagens de utilizá-lo em suas aplicações, e foi justamente por esse motivo que nós da BT Gravações resolvemos criar este artigo, para que você conheça algumas das vantagens de utilizar produtos com revestimento antiaderente.

Maior resistência química, a corrosão e a altas temperaturas.

Uma das grandes vantagens de utilizar esse tipo de tecnologia, é que devido a composição dos materiais utilizados nos revestimentos, eles possuem alta resistência química.

Basicamente um revestimento antiaderente é composto por um polímero sintético chamado Politetrafluoroetileno, conhecido por sua abreviação PTFE, isto é, é um material plástico resistente a altas temperaturas e desgaste, estima-se que sua resistência ao calor seja superior a 200°C.

Além disso esse material, o PTFE, é bastante notado por apresentar baixos índices de atrito em relação a materiais sólidos, o que torna a antiaderência uma característica garantida.

Dentro os inúmeros materiais conhecidos na indústria, um dos únicos materiais ou substâncias químicas conhecidas que podem afetar um revestimento antiaderente, são metais alcalinos em estado de fusão e agentes fluorados altamente reativos, no mais, esta solução é praticamente inabalável.

Evita o acumulo ou fixação de resíduos

A característica principal exigida em um revestimento é que ele resista ou evite a fixação de outros materiais ou resíduos em sua superfície, certo?

Bom, neste sentido, é comprovado que os revestimentos antiaderente cumprem seu papel, e isso se deve basicamente ao rápido e completo processo de desmoldagem do material, ou seja, são quase inexistentes as substâncias ou materiais que têm capacidade de se sobrepor e aderir ao revestimento.

Isolante elétrico e condutivo

Esta é uma grande vantagem que não poderíamos deixar passar em branco, isso porque os revestimentos antiaderentes industriais são capazes de oferecer ótimas propriedades isolantes, baixo fator de dissipação e alta resistência superficial.

Ao utilizarmos algumas técnicas específicas, um revestimentos antiaderente pode ser um eletrocondutivo e ainda assim ser utilizado com a função de um antiestático, isso porque sua boa resistência dielétrica o torna um excelente isolante elétrico.

Evita o acúmulo de óleos e substâncias liquidas

Para finalizamos este artigo, vamos falar de só mais uma das vantagens de utilizar revestimentos antiaderentes, lembre-se que existem muitas outras, mas não vamos falar neste artigo para não deixar a leitura cansativa.

Neste sentido, os revestimentos antiaderentes são oleofóbicos e hidrofóbicos, ou melhor dizendo, são resistentes a presença de água, óleo ou qualquer substância líquida.

Deste modo a limpeza torna-se muito mais fácil e simples já que não há a aderência de nenhum tipo de resíduo, seja sólio ou liquido. Em muitos casos podem até mesmo ser auto-limpantes, ou seja, é a opção ideal para que não quer ter dores de cabeça.

Agora vamos ficando por aqui! Esperamos que você tenha gostado deste artigo, e se quiser saber mais sobre revestimentos antiaderentes, matrizes e gravações químicas em metal, entre em contato com a equipe da BT Gravações ou continue lendo outros artigos aqui do nosso blog.

Read More

QUAL A DIFERENÇA ENTRE A GRAVAÇÃO QUÍMICA E A GRAVAÇÃO MECÂNICA?

Veja tudo o que você precisa saber sobre as diferenças de uma gravação em metal por processamento químico e mecânico!

Você certamente já se questionou sobre quais as maiores diferenças de uma  gravação química para uma gravação mecânica, certo?

Bom, esta é uma dúvida muito comum aqui na BT Gravações, na verdade não só essa como muitas outras dúvidas relacionadas a processos industrias de gravação em metal, por esse motivo resolvemos aproveitar um pouquinho do espaço do nosso novo website para compartilhar alguns materiais interessantes e totalmente relacionados ao processo de gravação em metal.

No primeiro artigo do nosso blog, nós vamos falar um pouco sobre as principais diferenças entre um processo de gravação química para gravação mecânica. Primeiramente vamos falar um pouco sobre as características principais e o método de funcionamento de cada uma das metodologias, confira!

Gravação Química

Bom, a gravação química consiste em um processo de corrosão de metais como, aço inox, aço carbono, latão, alumínio, etc., através da ação corrosiva muito bem controlada por ácidos.

Gravação química realizada pela BT Gravações.

Aqui na BT Gravações, nós trabalhamos na área de corrosão de cilindros para aplicação em inúmeras segmentações e com uma tecnologia totalmente inovadora conseguimos atingir até 1.5 mm de profundidade, assim desbancando muitos processos mecânicos que normalmente são extremamente mais caros devido ao uso de maquinário importado ou de grande porte.

Gravação Mecânica

Diferentemente da gravação por processamento químico, um sistema de gravação mecânica em metais vai utilizar esforços sob o metal, seja com ferramentas de corte ou prensa.

A gravação mecânica também é muito utilizada em industrias de gravação em metal, como papel, rolos de impressão, etc.

No entanto os custos para trabalhar com esta metodologia são muito mais elevados, haja visto o tipo de maquinário e ferramentas que têm de ser utilizados para extrair uma única gravação.

É importante lembrar que existem outras vertentes da gravação mecânica, como os sistemas de controle numérico computadorizado [CNC] – (um dos mais conhecidos), sistemas de gravação a laser, entre outros, mas que demandam de grande tecnologia para que se obtenha a gravação.

As diferenças…

Certamente você já deve ter conseguido entender um pouco das características básicas de cada uma das metodologias, correto?

Ainda assim, vale a pena falarmos um pouco sobre as diferenças entre elas.

Como mencionamos a cima, o processo mecânico envolve muitas outras ferramentas para que se obtenha um único resultado, ou seja, se existem mais custos, significa que você estará pagando mais caro se investir neste processo.

Por outro lado, a gravação química consegue manter qualidade semelhante e muitas vezes até superior a gravação mecânica tendo um custo até 35% menor, isto é, você paga mais barato por uma solução com qualidade superior.

O que é melhor? Qual escolher?

Bom, é evidente que nos recomendaríamos a gravação química, devido a facilidade do processo, ao custo, a qualidade, etc., mas somos muito “suspeitos” para falar sobre isso não é mesmo?

Apesar disso, vale lembrar que cada caso funciona de uma forma diferente e você sempre terá o poder de escolher, no entanto, é perceptível as inúmeras vantagens da gravação química em relação a gravação mecânica e a muitos outros tipos de gravação em metal, como a laser, por abrasão, etc.

Portanto, fica a critério de cada um!

Para finalizar este artigo, gostaríamos de dizer que esperamos que este artigo tenha lhe sido útil de alguma maneira, e se quiser saber mais sobre gravação em metal basta entrar em contato conosco por e-mail ou por telefone.

Até a próxima!

Read More